Prevenção do câncer de mama, para mulheres e homens.

Algumas dicas que podem te ajudar a prevenir!

O câncer de mama, embora seja responsável por uma grande quantidade de óbitos todos os anos no Brasil e no mundo, é uma doença que tem cura. Todavia, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é um dos tipos de tumor maligno que mais atinge as brasileiras e um dos que mais causa mortes entre o sexo feminino em nosso país.

Essa grande ocorrência de casos fatais se deve principalmente a falta de prevenção, pois a detecção do câncer de mama em seus estágios iniciais é um fator determinante para que seja possível vencer essa doença.

O câncer de mama surge quando as células dessa região passam a se dividir de maneira anormal (acelerada), o que favorece o desenvolvimento do tumor maligno. A ocorrência dessa doença é mais comum após os 35 anos, sendo que a maioria dos casos acontece em pessoas com mais de 50 anos. É importante ressaltar que esse tipo de câncer também atinge os homens, embora em uma porcentagem bem inferior àquela observada nas mulheres.

Mostraremos a seguir como ambos os sexos podem se prevenir contra essa doença. Acompanhe e tire todas as suas dúvidas.

Fazer o autoexame da mama constante

Na verdade, o termo prevenção em relação ao câncer de mama se refere mais ao fato de detectar o seu surgimento precocemente, pois devido a diversos aspectos relacionados a essa doença ainda não existem meios precisos de evitá-la. Com isso, a melhor maneira de impedir o surgimento dos tumores é não deixar que condições de risco se instalem e estimular os aspectos que são considerados protetores contra esse tipo de câncer.

No entanto, tanto as mulheres como os homens podem tentar detectar a presença de algum nódulo em suas mamas (principal sintoma da doença) por meio do autoexame, que deve ser realizado mensalmente, principalmente em pessoas com mais de 40 anos.

Fazer uma mamografia a cada dois anos após os 50 anos

O exame de mamografia é a maneira mais eficiente de observar a ocorrência do câncer de mama. Esse exame é bastante preciso na detecção de qualquer anormalidade na mama, mesmo quando o nódulo ainda está no início de sua formação e não é possível encontrá-lo por meio do autoexame. Assim, a mamografia deve ser realizada pelo menos uma vez a cada dois anos por pessoas com mais de 50 anos.

Adotar medidas que protegem o corpo contra o Câncer

Existem diversos fatores que favorecem o surgimento do câncer de mama, tais como questões genéticas, obesidade, idade avançada, condições reprodutivas, entre outras.

Dessa forma, manter uma alimentação saudável e nutritiva, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e praticar atividades físicas regularmente são algumas boas medidas que podem ser adotadas para evitar o surgimento de características favoráveis ao desenvolvimento do câncer de mama.