A tecnologia ajudando no controle da saúde

Com a expansão da tecnologia e o uso cada vez mais frequente dos smartphones, o estilo de vida das pessoas também está se modificando para conseguir se adaptar a todas as inovações do novo século. Em relação ao controle da saúde, é possível observar claramente que os avanços tecnológicos estão auxiliando na conscientização dos brasileiros, principalmente através dos aplicativos para smartphone.

 

Essa nova tendência, que ficou conhecida como mobile health, consiste em aplicativos que ajudam as pessoas a controlarem a sua alimentação, a praticarem exercícios físicos regularmente e até mesmo a medirem a pressão e frequência cardíaca, por exemplo.

 

Além dessas ferramentas que auxiliam na adoção de um estilo de vida mais saudável, os pacientes que possuem doenças crônicas, como a diabetes, também podem se beneficiar com essa tendência de aplicativos inteligentes relacionados a área da saúde.

 

Já no caso do SaúdeControle, por exemplo, os pacientes podem gerenciar o seu histórico médico através do arquivamento de seus exames, consultas, medicamentos, controlar a ficha clínica e ainda ter acesso a dicas sobre qualidade de vida.

 

A principal vantagem desses aplicativos é que eles conseguem fornecer um resposta imediata aos usuários, e assim auxiliam na prevenção de problemas mais sérios, que necessitariam de um atendimento médico. Além disso, a expectativa é de que nos próximos anos, com o constante desenvolvimento tecnológico, esses aplicativos se tornem cada vez mais completos e eficientes, o que pode representar uma etapa importante para a saúde pública do país, pois através de uma ferramenta como essa, é possível levar um atendimento até os lugares mais distantes e carentes de auxílio médico.

 

Contudo, é importante ressaltar que apesar de todos os benefícios proporcionados por esses aplicativos direcionados a saúde, eles ainda não são capazes de substituir o atendimento médico e devem ser utilizados como uma ferramenta de auxílio no controle diário com a saúde. Desse modo, é recomendado procurar um especialista antes de estabelecer quais serão os seus cuidados em relação a alimentação e a prática de exercícios físicos.