Benefícios da Bicicleta

Com a correria e o estresse do dia a dia, muitas pessoas acabam não cuidando devidamente da saúde, o que pode acabar resultando em uma bomba relógio no futuro. Para evitar que isso aconteça, as principais medidas recomendadas pelos médicos são a adoção de uma alimentação saudável e a prática contínua de exercícios físicos.

 

Entre as atividades físicas mais positivas para a saúde temos a bicicleta, que além de ser um meio de transporte sustentável e ecologicamente correto, também é um exercício capaz de trazer vários benefícios à saúde e ao bem estar das pessoas, como os exemplos listados a seguir.

 

Melhora da frequência cardíaca 

 

Por ser uma atividade aeróbica, o ato de pedalar ajuda a estimular os batimentos cardíacos, o que acaba fortalecendo o músculo do coração e o tornando mais forte e resistente.

 

Ajuda no combate à ansiedade 

 

A bicicleta é um exercício físico que estimula bastante o corpo pois trabalha vários músculos simultaneamente e queima muitas calorias. Por esse motivo, o organismo é estimulado e produz uma quantidade elevada de endorfina, o hormônio responsável por gerar sensações de calma e bem-estar. Portanto, ao pedalar com frequência, as pessoas se tornam menos propensas a desenvolverem quadros de estresse e ansiedade.

 

Reduz a retenção de líquidos 

 

Com a prática contínua da bicicleta, o metabolismo é acelerado e o organismo passa a eliminar as toxinas do corpo de forma mais eficiente. Como resultado, os rins funcionam melhor e a retenção de líquidos, que causa inchaços pelo corpo, é drasticamente reduzida.

 

Diminui o percentual de gordura 

 

Ao pedalar, os músculos das pernas e da barriga vão sendo tonificados e fortalecidos, e como consequência, ocorre um aumento da massa muscular e uma redução da chamada massa gorda.

 

Estimula o sistema imunológico 

 

A prática diária de exercícios físicos em geral e principalmente da bicicleta é capaz de aumentar a produção de glóbulos brancos no organismo, o que torna o sistema imunológico mais resistente e menos suscetível a doenças infecciosas e bacterianas.

 

Apesar de todos os benefícios citados, é importante procurar um médico antes de iniciar essa atividade física, principalmente os pacientes que sofram de doenças como a diabetes e a hipertensão. Além disso, é fundamental realizar alongamentos antes de pedalar, para evitar lesões, e também manter o organismo muito bem hidratado antes, durante e após a prática do exercício.

Alimentos que combatem a ansiedade

A ansiedade é um mal muito frequente na vida de milhões de brasileiros. Atualmente, um dos fatores que contribuem para o surgimento dessa condição é o estresse do dia a dia, causado principalmente pela falta de sono, cansaço e preocupações em excesso. Entre os sintomas mais comuns da ansiedade estão batimentos cardíacos acelerados, inquietação, tonturas, náusea, espasmos musculares e dificuldades na respiração.


Existem vários tratamentos para combater a doença, desde terapias até o uso de medicamentos sob indicação médica, porém, uma forma simples e natural de evitar a ansiedade é através da alimentação.


Os alimentos listados a seguir são capazes de diminuir os níveis de estresse e contribuir para o aumento das sensações de relaxamento e bem-estar.


- Frutas cítricas


Ao consumir frutas ricas em vitamina C, o corpo consegue neutralizar um hormônio chamado cortisol, que é o responsável pela percepção do estresse em nosso organismo. Além disso, elas contribuem para um melhor funcionamento do sistema nervoso e causam sensação de calma e tranquilidade.


- Carboidratos


Alimentos como pães, aveia, batata, arroz, feijão e massas são alguns dos exemplos de carboidratos que auxiliam no combate a ansiedade. Isso acontece porque eles aumentam os níveis de açúcar no sangue, o que consequentemente, dá mais energia e disposição ao corpo.


- Chocolate amargo


Esse tipo de chocolate possui uma grande quantidade de substâncias antioxidantes, que atuam na produção de neurotransmissores que melhoram o humor e provocam sensações de alegria e bem-estar. Porém, o ideal é que o consumo de chocolate amargo não seja superior a 30 gramas por dia, pois apesar dos benefícios anti-estresse, eles são calóricos e não devem ser ingeridos em excesso.


- Ovos, leite e derivados


Os alimentos derivados dos ovos e do leite são fontes ricas em um aminoácido chamado triptofano, que quando transmitido ao cérebro, é capaz de influenciar no aumento da produção da serotonina, hormônio conhecido por causar sensações de felicidade e conforto.


- Peixes e carnes


Carnes e peixes em geral possuem uma série de benefícios para o combate da ansiedade. Esses alimentos contém a substância taurina, que é um aminoácido responsável por controlar os níveis normais da ansiedade e evitar que esses níveis aumentem. Outra vantagem é o fato deles estimularem a produção da serotonina, substância reguladora do sono e um fato essencial para que o estresse e os demais efeitos da ansiedade sejam evitados.